Páginas

domingo, 11 de dezembro de 2011

Matéria publicada no blog Barroquinha Noticias.

EM CHAVAL, MENINA MORRE APÓS RECEBER ANESTESIA EM HOSPITAL

DIRETORIA PROMETE TOMAR MEDIDAS CABÍVEIS E MÉDICO AINDA NÃO RETORNOU AO HOSPITAL
Uma criança de oito anos morreu após receber anestésico no hospital municipal de Chaval, segundo a família e profissionais da unidade. De acordo com o tio da menina, Manuel de Souza, ela foi levada ao hospital em 1º de dezembro após cair no banheiro quando tomava banho.

"Ela cortou a cabeça no vaso sanitário na queda. No hospital, o médico foi aplicar a anestesia para costurar a cabeça e disse que a anestesia não pegava. Ele aplicou várias vezes", disse. O laudo que vai indicar a causa da morte sai em 15 dias, segundo a família.

De acordo com o tio, Kayane Carvalho Rocha foi transferida para um hospital no município vizinho de Parnaíba, no Piauí, uma hora depois e já inconsciente. No caminho, faltou oxigênio na ambulância, a menina não teve socorro adequado durante uma parada cardiorrespiratória.

Ao chegar no Piauí, acrescenta Manuel Sousa, ela passou por reanimação, mas o médico que recebeu a criança disse que ela estava morta, mantida pelos aparelhos. "O pai dela não aceitou que tirassem as máquinas", disse. A criança deve ser enterrada em Chaval nesta sexta-feira (9). "Está uma comoção em Chaval", afirmou Souza. A família informou que o corpo da criança passou por perícia em Parnaíba, o sangue foi colhido para exames e o resultado deve ficar pronto em até 15 dias. Leia a matéria completa AQUI.
com informações do G1 CE

Nenhum comentário:

Postar um comentário