Páginas

sábado, 18 de junho de 2011

PDT expulsa prefeitos e vereadores e dois são de Chaval/CE.

Os processos foram iniciados logo após as eleições do ano passado, quando ocorreram os motivos da condenação
O Partido Democrático Trabalhista (PDT) resolveu expulsar dois prefeitos e três vereadores por infidelidade partidária. A decisão foi tomada durante reunião do diretório estadual, ao apreciar pareceres da comissão de ética, na última quinta-feira à noite, na sede da agremiação.

Os prefeitos expulsos são: Armando Quaresma Trigueiro, do Município de Baixio, e Janaline de Almeida Pacheco, de Chaval. Os vereadores são: Magno Lucas Correia, da Câmara de Paraipaba, Maria Mocinha Teixeira Pinto Batista, do Município de Boa Viagem, e Sandra Helena Pinto Pereira de Chaval.

O presidente do partido, André Figueiredo, informou que aos acusados foi assegurado o direito a ampla defesa. Alguns apresentaram defesa e outros não, por isso há casos em que o parecer da comissão de ética (aprovado pelo diretório) foi no sentido de aplicar apenas uma advertência. Isso ocorreu com 17 vereadores e dois vice-prefeitos. Os processos foram abertos ainda no ano passado logo após as eleições, quando ficou constatada a infidelidade.

No caso específico do prefeito de Baixio ele chegou a apresentar defesa, mas seus argumentos não convenceram. A infidelidade praticada, esclarece André Figueiredo, não ocorreu apenas na votação para deputado federal, mas também para deputado estadual e até para a eleição majoritária de governador. Além disso, ficou constatado que as normas e recomendações do partido para as eleições não foram observadas.

Mandato
O presidente do PDT cearense garante que o partido vai requerer perante o Tribunal Regional Eleitoral o mandato dos vereadores e no caso dos prefeitos como não há jurisprudência e os vice-prefeitos não pertencem ao partido apenas vai comunicar a expulsão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e o Ministério Público poderá adotar a medida que considerar cabível.

A partir de agora o partido vai tratar de montar a sua estrutura para a disputa eleitoral de 2012. Nesse sentido serão realizadas reuniões individuais com os diretórios municipais. Para o dia 8 de julho já está programada uma visita a alguns municípios da Região do Cariri.

Atualmente, o Partido Democrático Trabalhista desenvolve as suas atividades políticas em 131 municípios cearenses e o trabalho que está desenvolvendo é no sentido de ampliar as bases da legenda para outros municípios.

Esse trabalho envolve inclusive a sensibilização de lideranças para participar da disputa eleitoral do próximo ano.

Isso deve ser feito de julho a setembro, período em que o partido fará convenções para renovar seus diretórios municipais com as respectivas executivas.

Fonte D.N

Nenhum comentário:

Postar um comentário