Páginas

terça-feira, 28 de junho de 2011

Repercute a noticia de que CHAVAL está na lista dos esquema de fraude em licitações


...Repercute a notícia em toda a região norte do Ceará:
Saem da lista 18 prefeituras. mas entra CHAVAL como uma das cidades a ser averiguada por suposto esquema de fraudes em licitações: 
    O número de Municípios que contrataram empresas do esquema é 68 e não 80 como O POVO divulgara ante-ontem.

 
São 68 as prefeituras que contrataram empresas integrantes do esquema de fraude em licitações comandado pelo empresário Raimundo Morais Filho, o Moraisinho, e não 80 como O POVO publicou ontem. Houve 18 prefeituras incluídas indevidamente na lista, enquanto outras seis que haviam fechado contrato com tais empresas não haviam sido incluídas. Em todos os municípios listados na sexta-feira, as empresas, de fato, concorreram em licitações, mas, em alguns municípios, não chegaram a vencer ou firmar contratos. Foi o caso de Banabuiú, Canindé, Caucaia, Cedro, Chorozinho, Guaiúba, Iguatu, Iracema, Itapiúna, Jaguaruana, Marco, Pacoti, Palhano, Quixeramobim, Solonópole, Tamboril, Ubajara e Viçosa do Ceará.
    Para fazer o levantamento, a reportagem havia considerado só as cinco principais empresas envolvidas no esquema, segundo o promotor Luiz Alcântara, um dos responsáveis pela investigação. São elas: Êxito Construções e Empreendimentos; Master Assessoria e Engenharia Ltda; Falcon Construtora e Serviços Ltda; Prátika Incorporações Ltda; e Daruma Construções e Empreendimentos Ltda. Na rechecagem das informações, foi identificado que Chaval e Itapipoca, não citados na lista de ontem, também têm pelo menos um contrato com alguma das empresas.
    Conforme o promotor, essas são apenas as principais construtoras envolvidas no esquema. O grupo criminoso fez uso não apenas de cinco, mas várias. Ele informou ontem que a Ponto Com Construções e Terceirização Ltda também faz parte da relação. Com a inclusão de mais essa empresa, os municípios de Beberibe, Itapajé e Maranguape, que não contrataram serviços das cinco mais importantes, mantêm-se na lista, por manterem contrato com a Ponto Com. Já Arneiroz, Russas, São Luís do Curu e Acaraú não estavam na lista publicada ontem, mas são também alvo de investigação, pois contrataram serviços da Ponto Com Construções e Terceirização Ltda. Como o esquema envolveu mais empresas, o número de prefeituras a serem investigadas pode crescer.
    Gestão anterior
    O prefeito de Crateús, Carlos Felipe (PCdoB) disse ontem que sua gestão não fechou contrato com nenhuma das empresas apontadas no esquema de corrupção. Segundo ele, a empresa Daruma foi contratada pela gestão anterior, em 2007, para fazer obras de pavimentação e quadra de esporte. Desde então, não houve mais contratação de nenhuma das empresas. Ainda assim, ele informou que até anteontem não surgiu nenhum questionamento sobre a contratação. O prefeito ressaltou que não permite participação de empresas investigadas pela Polícia Federal nas licitações.

    Como

ENTENDA A NOTÍCIA
    Promotor promete investigar todos os municípios que têm contrato com as empresas do esquema comandado por Moraisinho. Não se sabe ainda o nível de comprometimento de cada prefeitura.

Leia essa matéria clicando AQUI
Fonte: O Povo
Fonte Chaval-Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário